Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

Cantinho da Programação(1)

 

Hoje inauguro um novo segmento neste blog. O cantinho da programação!

Quero começar por desmistificar o facto da esmagadora maioria das pessoas achar programação algo reservado para geeks ou gente com formação académica.


Também não ajuda o facto de maior parte das linguagens de programação serem bastante punitivas para principiantes com comandos ou métodos com nomes bastante esotéricos(“C” eu estou a olhar pa ti...).

 

Mas ironia das ironias, a nossa sempre velha malvada Microsoft que toda a gente adora odiar, fez algo de útil. A sério! Este fantástico feito chama-se Small Basic. Foi feito com o intuito de ajudar crianças e adultos a iniciarem-se no mundo da programação.

 

Para podermos programar nesta linguagem, temos um excelente IDE com uma interface bastante intuitiva orientada a iniciantes.

 

No site deste projecto podemos ver vários exemplos desde “Play” um programa de colisões que usa propriedades físicas do mundo real para demonstrar efeitos como colisões, gravidade entre outros. Também temos um “SokoCute” uma versão do jogo "SokoBan" bom velho Tetris!

 

Experimentem e divertam-se!

 

Links úteis: Download do IDE

Tutoriais

 

 

 

 


publicado por Luís Marques às 22:01
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Setembro de 2010

My name is Bruce

No outro dia encontrei o DVD de "My name is Bruce" numa loja a 3 euros e instantaneamente estava a caminho da caixa para o trazer para casa. Tendo eu como referências: as pérolas do género B movies que são os "Evil dead"; Bruce Campbell é dos actores que mais me diverte quando o vejo ou num filme ou numa série; pessoas que já tinham visto o filme, estava à espera de um filme muito divertido com algum gore e posso dizer que não falhou.
 

 

A história é a de Bruce Campbell, essa grande estrela quase esquecida dos filmes série B, que estána situação em que nada na sua vida lhe corre como ele deseja e é confrotado com isso diáriamente, apesar de manter o seu ego sempre em cima, até porque não pode dar parte fraca (não se entra muito nas razões pelas quais ele faz isto, mas será um misto de ego e de ele trabalhar num meio em que quando não se está em cima é se pisado por toda a gente).
Na ocasião da sua depressão anual (o seu aniversário), Bruce Campbell é raptado e levado para a pequena cidade de Gold Lick com o objectivo de o convencerem a matar Guan-Di - Deus Chinês da guerra e protector do Tofu -  que tinha sido libertado de uma mina por uns quantos adolescentes (qualquer parecença com qualquer teen movie não é mera coincidência).
Este para mim é um dos melhores momentos, portanto considerem-no como um spoiler, vejam por vossa própria conta e risco:
 

 
Em suma é um filme bastante despretensioso, divertido, que quer celebrar e brincar um actor conhecido pelos seus papéis em filmes de baixo orçamento e que é muito bom nesse género, e que melhor maneira de o fazer do que este filme?
Portanto é melhor que não esperem um filme intelectual ou mesmo um grande filme, mas se procuram rir um bocado e passar uns momentos engraçados (com um estilo de humor que às vezes é duvidoso) este é uma boa escolha.
No total dou-lhe uma classificação de 3 em 5, porque é a classificação máxima que eu me imagino a dar a um filme deste estilo, sendo que a maioria deles se chegar a 2 é uma grande sorte...
tags:
publicado por Gonçalo Cardoso Dias às 23:36
link do post | comentar | favorito

Homens e Meninos

Ontem foi um dia triste.
José Torres, essa antiga glória do mundo benfiquista partilhada em alguns momentos pela selecção nacional, perdeu a batalha que mantinha com a doença de Alzheimer e acabou por nos deixar aos 71 anos de idade. Muito já foi escrito pela gloriosasfera sobre este homem e qualquer coisa que eu escreva aqui sobre ele vai pecar por ser curta. Contudo há que referir que este senhor foi um Homem com H maisculo quando representava as cores do Benfica ou da selecção nacional.
 
Ontem tivemos uma selecção composta de meninos que não conseguiram mais que um empate perante uma seleção B do Chipre, com resultados assim, jogadores que na teoria são todos umas vedetas, grandes peritos na arte de manipular a bola, provaram que na realidade não passam de meninos.
 
Infelizmente o resultado de ontem não foi uma grande homenagem a José Torres, mas essa eu espero que seja feita daqui para a frente tendo o seu clímax lá para Maio, pela gente da sua casa, numa praça qualquer espalhada por esse mundo.
 
(imagem retirada daqui)
publicado por Gonçalo Cardoso Dias às 09:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

Shuffler.fm

Qualquer aficionado por música nos dirá que é difícil encontrar boa música, ou porque as fontes tradicionais apresentam sempre o mesmo catálogo de músicos (com excepções honrosas..), ou porque para descobrirmos algo que gostamos temos que percorrer várias fontes, gastar os ouvidos com muita coisa que não vale a pena. Até descobrirmos algo decente.
 
Felizmente apareceu a nossa amiga Internet para nos ajudar, com os seus motores de pesquisa era só por o que nós queriamos e voilá! Lá estava para nós.

O problema que se coloca é nem sempre sabemos o que queremos ouvir e nem sempre estamos para ver website atrás de website.

 
Então se houvesse um serviço que nos fizesse uma playlist de músicas que existem em vários blogs? Existe um site que nos faz precisamente isso: shuffler.fm.
 
O conceito é simples escolher o vosso género de música pretendido, encostarem-se e ouvir. Se não gostarem bastem fazer "fast forward" ou mudar de tipo. É fácil!

 

Link: http://shuffler.fm

 

Nota: Até podem adicionar o vosso blog à lista deles para fazerem parte das músicas escutadas.
tags:
publicado por Luís Marques às 18:48

editado por Gonçalo Cardoso Dias em 27/10/2011 às 10:34
link do post | comentar | favorito

Reality TV + Game Show + Culinária = Receita Vencedora?

Desde o advento Big Brother que a televisão e a nossa maneira de ver televisão mudou para sempre. Para bem ou para o mal as pessoas ficaram viciadas no que era uma montra da vida pessoal de indivíduos numa situação controlada e todos se reviram num momento ou noutro nos personagens que chegavam através do pequeno (grande) écran. Desde então que foi desenvolvido e cultivado um verdadeiro fascínio por este tipo de televisão, o êxito Big Brother foi sendo repetido até à exaustão e outros concursos que seguem padrões semelhantes foram surgindo e definhando.  Entretanto o próprio formato de gameshow (concurso televisivo) acabou por se adaptar a esta estranha nova forma de fazer televisão e naturalmente começaram a surgir os seus frutos (veja-se todo o canal de televisão que é a MTV).
Entretanto ao longo dos anos o tema culinária na televisão era abordado essencialmente por dois tipos de programas, o didáctico - onde ensinam um prato ou uma refeição - ou o de viagens onde ensinam uns pratos temáticos do país que estão a promover naquele dia (também começa a existir um tipo de programa que acaba por misturar estes dois estilos, mas por uma questão de simplicidade não vou desenvolver muito esse tema).
Fruto da Mistura destes 3 ingredientes há 3 programas "Hell's Kitchen", "Top Chef" e "Master Chef" que recomendo particularmente.

 

Hell's Kitchen:

 

Primeira coisa a saber sobre este programa é que há duas "versões" a inglesa e a americana. Até hoje nunca vi nenhum episódio da inglesa, portanto tudo o que vou escrever é baseada nas 7 épocas americanas.
O conceito é bastante simples, reúnem-se chefs, dividem-se em equipas uma vermelha e uma azul, num restaurante com duas cozinhas, cada cozinha serve metade de uma sala bastante grande, há desafios que julgam as capacidades técnicas, deixando o apurar de todas as outras qualidades de chef para o serviço de jantar, e chefs vão sendo escolhidos para sair do concurso conforme a sua prestação. Tudo isto aliado a um "Chefstar" bastante carismático, Gordon Ramsey de seu nome, e prémios finais que vão mudando consoante a época muito apetecíveis para qualquer chef.

 

Bons ingredientes, que providenciam momentos de diversão, momentos de "eu não acredito que um chef profissional ou aspirante a tal acabou de fazer aquilo", momentos de pura traição, que de facto cumprem o cariz entretenimento que o programa se propõem a fazer. Infelizmente é televisão americana. Os genéricos são quase sempre piores que maus, e as edições que nos levam a crer que irá haver um momento crucial de traição e tudo o mais, e que depois quando o mostram é apenas um momento banal. São pequenas coisas que acabam por encerrar "Hell's Kitchen" a um programa bastante pateta, quando na realidade tem potencial para bastante mais.

Contudo, está anunciada a 8ª série, portanto no meio de todas as criticas possíveis para se fazerem a esta série eles na realidade estão a fazer algo bem...

 

Top Chef:

 

Pessoalmente este é o meu favorito dos destes 3 programas.
É um programa mais intricado, começa com uma selecção de Chefs (que de facto na sua grande maioria são muito bons no que fazem), por cada episódio há dois desafios, o Quickfire onde podem ganhar imunidade, dinheiro, ou uma grande vantagem para o próximo desafio, e um desafio de eliminação. Apesar de haver uma equipa esqueleto de juízes residentes, e de alguns convidados habituais, ha uma variedade enorme nos juízes que arranjam para cada desafio e normalmente de são de uma qualidade indiscutível com créditos firmados no mundo da cozinha.
E melhor que tudo é um programa que não vive à volta de ninguém, apesar de cada uma das personalidade que está no programa ter o seu próprio carisma.  (Reparem como não uso a palavra personagem e sim a palavra personalidade.)

 

O grande problema que encontro com este programa é que não há uma linha de qualidade que se mantenha de época para época, apesar dos esforços de irem subindo a fasquia, por exemplo até agora nada do que foi feito na 7ª temporada (actual) se chega sequer ao pé do que foi feito na 6ª (ultima), que para mim é a melhor temporada até ao momento, onde todos os convidados eram os melhores chefs (como por exemplo Joel Robuchon), mas aí acho que foi porque o foco de toda a época era de facto a comida de topo, enquanto que por exemplo na 7ª é sem dúvida um aproximar ao governo e símbolos americanos, que no fundo é o que a malta de lá gosta.

 

Master Chef:

 

Na realidade é um pouco injusto estar já a falar deste programa visto ainda estar a meio da 1ª temporada.
O conceito do programa agrada-me, é para todas aquelas pessoas que sempre sonharam ser chefs e editar o seu próprio livro de cozinha, mas que por uma razão ou outra a sua vida levou-os noutras direcções. Este programa propõem-se a ser a corda de salvação que os vai levar a cumprir a o seu sonho, mas para isso há que passar por vários desafios.
Até agora não tenho ainda distância suficiente para fazer uma analise critica a este programa, contudo vou apenas dizer que está muito bem encaminhado, e que é bastante divertido ver pessoas que não são profissionais a fazerem pratos a um nível absolutamente fantástico.

 

Aviso Final:
O consumo deste tipo de programas faz com que se comece a encarar de um modo mais desconfiado o que nos é servido nos restaurantes e podemos dar por nós a começar a fazer coisas como mandar comida para trás porque não satisfaz os nossos padrões de qualidade, portanto, se por um lado isto pode ser uma coisa boa, cuidado para não cair na parvoíce.
publicado por Gonçalo Cardoso Dias às 00:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Àlbum da semana : Children of Nova

Tive sempre um misto sentimento sobre o movimento indie/progressista na música, pois tanto variam entre obras consistentes com qualidade,  como o som produzido soar a de uma garagem de banda. Algo que não acontece com a banda que vos apresento  Children of Nova.



Uma banda originária de San Diego, estes músicas não se ficam por lamechices típicas deste tipo de música, mas nos propõem experimentar novas sensações através de música.  Não se enganem estes fulanos sabem o que fazem, desde o vocalista Teo que mostra a sua capacidade vocal ao longo do albúm, como podemos ver o poder do baixo nos dois primeiros minutos de Second Sight Blackout (track #4) e define numa melodia brutal em Arcaedion(track#2).

 

Melhor: Complexity of Light
2º lugar: The Fall of Aphonia
Pior: We Collide

 

Para terem uma ideia da criatividade e potencial, deixo-vos em baixo a música que me deu a conhecer esta banda.

 

 

 

 

 


tags:
publicado por Luís Marques às 20:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

O pato patifório chega à blogosfera

Era uma vez – porque todas as histórias que merecem ser contadas começam com era uma vez – uma vasta imaginação de um miúdo de 5 anos, também era uma vez um tio muito orgulhoso desse miúdo de 5 anos.

Mas mais que tudo era uma vez a vontade de ambos brincarem um com um outro perante todos os disparates que ambos faziam umas vezes de uma forma inocente e outras de uma forma mais calculada, mais elaborada.

Foi nessa vez que nasceu o Pato Patifório.

Mais do que um simples pato, é uma forma de estar, um conceito, de brincadeira, de bem estar, de dizer o que se quer, é o pato interior que existe em todos nós e muito poucos gostam de o admitir.

Desta vez o pato criado entre dois foi maior, e  abriu as suas asas e alcançou primeiro um terceiro, agora um blog e depois quem sabe o mundo! Porque todos nós sabemos que quando os patos se empenham numa aventura pouco ou nada os pára!

publicado por Gonçalo Cardoso Dias às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Olha nós!

.pesquisar

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Os últimos quacks!

. Um ano

. Este não é um post.

. Resoluções para 2012

. Desejos para 2012: ATÉ OS...

. 2011

. Habemus Papam

. Drive

. Isto a malta não coopera....

. Música do dia

. Felicidade em tempo de cr...

.quacks arquivados

. Dezembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds